news:

Sul de Minas

De forma discreta, Uber começa a operar no Sul de Minas


foto_principal.jpg
18/11/2017

Além de Poços, a cidade de Pouso Alegre também deve começar a receber os serviços nas próximas semanas.

Matéria extraída do G1

 

Poços de Caldas começou a receber nesta quinta-feira (16) os serviços do aplicativo de transporte alternativo Uber. A cidade é primeira da região a oferecer esse tipo de transporte e já possui motoristas cadadastrados. Moradores e taxistas foram pegos de surpresa com a novidade.

 

O presidente do Sindicato dos Taxistas de Poços de Caldas, Ivair José Gonçalves, diz que soube repentinamente do novo serviço. Segundo ele, a maior preocupação, no entanto, é se a prefeitura irá ou não permitir a ação da empresa na cidade.

 

“Poços é uma cidade pequena, que não dá muito serviço de retorno. Você leva o passageiro para o bairro e volta vazio. Eu acho que vai ser difícil o aplicativo sobreviver por isso”, diz.

 

O Secretário de Defesa Social da Prefeitura de Poços de Caldas, Marcos Sansão, ressalta que o serviço não possui regulamentação pelo Senado Federal, mas conta que a prefeitura está acompanhando a situação.

 

“Por enquanto nenhuma medida será tomada, porque eles estão fazendo apenas o cadastro e não tem como a gente fiscalizar isso”, explica.

 

 

Expansão no Sul de Minas

 

Nas próximas semanas, Pouso Alegre também passará a oferecer serviços de taxi alternativo. Motoristas interessados ainda estão se cadastrando na empresa.

 

No município, um aplicativo para mototaxistas começou a funcionar no mês de setembro. O serviço do "Muxtaxi" possui cerca de 25 motociclistas cadastrados. Além disso, a empresa está entrando em operação nas cidades de Itajubá e Santa Rita do Sapucaí.

Além de Poços, a cidade de Pouso Alegre também deve começar a receber os serviços nas próximas semanas.

Matéria extraída do G1

 


Poços de Caldas começou a receber nesta quinta-feira (16) os serviços do aplicativo de transporte alternativo Uber. A cidade é primeira da região a oferecer esse tipo de transporte e já possui motoristas cadadastrados. Moradores e taxistas foram pegos de surpresa com a novidade.


 


O presidente do Sindicato dos Taxistas de Poços de Caldas, Ivair José Gonçalves, diz que soube repentinamente do novo serviço. Segundo ele, a maior preocupação, no entanto, é se a prefeitura irá ou não permitir a ação da empresa na cidade.


 


“Poços é uma cidade pequena, que não dá muito serviço de retorno. Você leva o passageiro para o bairro e volta vazio. Eu acho que vai ser difícil o aplicativo sobreviver por isso”, diz.


 


O Secretário de Defesa Social da Prefeitura de Poços de Caldas, Marcos Sansão, ressalta que o serviço não possui regulamentação pelo Senado Federal, mas conta que a prefeitura está acompanhando a situação.


PATROCINADORES

 


“Por enquanto nenhuma medida será tomada, porque eles estão fazendo apenas o cadastro e não tem como a gente fiscalizar isso”, explica.


 


 


Expansão no Sul de Minas


 


Nas próximas semanas, Pouso Alegre também passará a oferecer serviços de taxi alternativo. Motoristas interessados ainda estão se cadastrando na empresa.


 


No município, um aplicativo para mototaxistas começou a funcionar no mês de setembro. O serviço do "Muxtaxi" possui cerca de 25 motociclistas cadastrados. Além disso, a empresa está entrando em operação nas cidades de Itajubá e Santa Rita do Sapucaí.


Além de Poços, a cidade de Pouso Alegre também deve começar a receber os serviços nas próximas semanas.

Matéria extraída do G1

 



Poços de Caldas começou a receber nesta quinta-feira (16) os serviços do aplicativo de transporte alternativo Uber. A cidade é primeira da região a oferecer esse tipo de transporte e já possui motoristas cadadastrados. Moradores e taxistas foram pegos de surpresa com a novidade.



O presidente do Sindicato dos Taxistas de Poços de Caldas, Ivair José Gonçalves, diz que soube repentinamente do novo serviço. Segundo ele, a maior preocupação, no entanto, é se a prefeitura irá ou não permitir a ação da empresa na cidade.



PATROCINADORES

“Poços é uma cidade pequena, que não dá muito serviço de retorno. Você leva o passageiro para o bairro e volta vazio. Eu acho que vai ser difícil o aplicativo sobreviver por isso”, diz.



O Secretário de Defesa Social da Prefeitura de Poços de Caldas, Marcos Sansão, ressalta que o serviço não possui regulamentação pelo Senado Federal, mas conta que a prefeitura está acompanhando a situação.



“Por enquanto nenhuma medida será tomada, porque eles estão fazendo apenas o cadastro e não tem como a gente fiscalizar isso”, explica.



PATROCINADORES

Expansão no Sul de Minas



Nas próximas semanas, Pouso Alegre também passará a oferecer serviços de taxi alternativo. Motoristas interessados ainda estão se cadastrando na empresa.



No município, um aplicativo para mototaxistas começou a funcionar no mês de setembro. O serviço do "Muxtaxi" possui cerca de 25 motociclistas cadastrados. Além disso, a empresa está entrando em operação nas cidades de Itajubá e Santa Rita do Sapucaí.



Veja Também