news:

Sul de Minas

Incêndio destrói mais de 20.000 m² de vegetação em Poços de Caldas


foto_principal.jpg
14/09/2018

Fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros após quatro horas de trabalho.

 

Um incêndio que atingiu uma área próxima ao campus da PUC em Poços de Caldas na noite de quarta-feira, 12, destruiu cerca de 20 mil metros quadrados de vegetação. Corpo de Bombeiros trabalhou por quase quatro horas para conter as chamas.

 

De acordo com os Bombeiros, o fogo teve início por volta das 19h. Ao todo, três viaturas e 10 militares foram utilizados para debelar o incêndio que se espalhou por uma área com mato seco.

 

Para controlar a situação, militares utilizaram caminhões com mangueiras e abafadores, conseguindo encerrar o fogo somente por volta das 23h.

Fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros após quatro horas de trabalho.


 


Um incêndio que atingiu uma área próxima ao campus da PUC em Poços de Caldas na noite de quarta-feira, 12, destruiu cerca de 20 mil metros quadrados de vegetação. Corpo de Bombeiros trabalhou por quase quatro horas para conter as chamas.


PATROCINADORES

 


De acordo com os Bombeiros, o fogo teve início por volta das 19h. Ao todo, três viaturas e 10 militares foram utilizados para debelar o incêndio que se espalhou por uma área com mato seco.


 


Para controlar a situação, militares utilizaram caminhões com mangueiras e abafadores, conseguindo encerrar o fogo somente por volta das 23h.


Fogo foi controlado pelo Corpo de Bombeiros após quatro horas de trabalho.



Um incêndio que atingiu uma área próxima ao campus da PUC em Poços de Caldas na noite de quarta-feira, 12, destruiu cerca de 20 mil metros quadrados de vegetação. Corpo de Bombeiros trabalhou por quase quatro horas para conter as chamas.



De acordo com os Bombeiros, o fogo teve início por volta das 19h. Ao todo, três viaturas e 10 militares foram utilizados para debelar o incêndio que se espalhou por uma área com mato seco.



PATROCINADORES

Para controlar a situação, militares utilizaram caminhões com mangueiras e abafadores, conseguindo encerrar o fogo somente por volta das 23h.



Veja Também