news:

Esporte

Brasil goleia El Salvador por 5 a 0 em amistoso nos EUA


foto_principal.jpeg
12/09/2018

Em partida com enorme diferença técnica entre as equipes, o destaque foi o estrante Richarlison, autor de dois gols.

 

Sem surpresas, o Brasil não teve dificuldades para golear a seleção de El Salvador por 5 a 0, em Washington, na noite desta terça-feira, conquistando a segunda vitória nos primeiros compromissos da equipe após a Copa do Mundo da Rússia. A equipe nacional contou com boa atuação de Neymar e dois gols de Richarlison, que só foi chamado para os amistosos após o corte de Pedro por lesão.

 

Antevendo enfrentar um adversário fraco – El Salvador ocupa a 72ª posição no ranking da Fifa –, Tite usou o jogo para dar oportunidade a vários novatos. No total, foram seis modificações em comparação ao time que entrou em campo contra os Estados Unidos, na sexta-feira passada, e venceu por 2 a 0. E a seleção teve dois estreantes na formação inicial: Éder Militão e Neto. Já Andreas Pereira e Felipe também atuaram pela primeira vez pela seleção ao entrarem durante o segundo tempo.

 

Com a confiança pela aposta de Tite, Richarlison fez dois gols. No primeiro deles, aos 15 minutos, recebeu o passe depois de uma arrancada de Neymar, que já havia colocado a primeira bola para dentro logo no início da partida ao converter pênalti marcado no atacante do Everton. Já o seu segundo gol na partida e o terceiro do Brasil saiu no começo da etapa final.

 

Além do gol de pênalti, Neymar participou de outras jogadas perigosas, especialmente no primeiro tempo, tendo dado assistências para três gols. Mas levou um cartão amarelo por simulação. Ele chegou aos 59 gols pela seleção brasileira, a sete da marca de Zico, terceiro maior artilheiro do Brasil. Phillippe Coutinho fez o terceiro gol da seleção, ainda no primeiro tempo. Marquinhos fechou a goleada, de cabeça, no fim da partida.

Em partida com enorme diferença técnica entre as equipes, o destaque foi o estrante Richarlison, autor de dois gols.


 


Sem surpresas, o Brasil não teve dificuldades para golear a seleção de El Salvador por 5 a 0, em Washington, na noite desta terça-feira, conquistando a segunda vitória nos primeiros compromissos da equipe após a Copa do Mundo da Rússia. A equipe nacional contou com boa atuação de Neymar e dois gols de Richarlison, que só foi chamado para os amistosos após o corte de Pedro por lesão.


 


PATROCINADORES

Antevendo enfrentar um adversário fraco – El Salvador ocupa a 72ª posição no ranking da Fifa –, Tite usou o jogo para dar oportunidade a vários novatos. No total, foram seis modificações em comparação ao time que entrou em campo contra os Estados Unidos, na sexta-feira passada, e venceu por 2 a 0. E a seleção teve dois estreantes na formação inicial: Éder Militão e Neto. Já Andreas Pereira e Felipe também atuaram pela primeira vez pela seleção ao entrarem durante o segundo tempo.


 


Com a confiança pela aposta de Tite, Richarlison fez dois gols. No primeiro deles, aos 15 minutos, recebeu o passe depois de uma arrancada de Neymar, que já havia colocado a primeira bola para dentro logo no início da partida ao converter pênalti marcado no atacante do Everton. Já o seu segundo gol na partida e o terceiro do Brasil saiu no começo da etapa final.


 


Além do gol de pênalti, Neymar participou de outras jogadas perigosas, especialmente no primeiro tempo, tendo dado assistências para três gols. Mas levou um cartão amarelo por simulação. Ele chegou aos 59 gols pela seleção brasileira, a sete da marca de Zico, terceiro maior artilheiro do Brasil. Phillippe Coutinho fez o terceiro gol da seleção, ainda no primeiro tempo. Marquinhos fechou a goleada, de cabeça, no fim da partida.


Em partida com enorme diferença técnica entre as equipes, o destaque foi o estrante Richarlison, autor de dois gols.



Sem surpresas, o Brasil não teve dificuldades para golear a seleção de El Salvador por 5 a 0, em Washington, na noite desta terça-feira, conquistando a segunda vitória nos primeiros compromissos da equipe após a Copa do Mundo da Rússia. A equipe nacional contou com boa atuação de Neymar e dois gols de Richarlison, que só foi chamado para os amistosos após o corte de Pedro por lesão.



Antevendo enfrentar um adversário fraco – El Salvador ocupa a 72ª posição no ranking da Fifa –, Tite usou o jogo para dar oportunidade a vários novatos. No total, foram seis modificações em comparação ao time que entrou em campo contra os Estados Unidos, na sexta-feira passada, e venceu por 2 a 0. E a seleção teve dois estreantes na formação inicial: Éder Militão e Neto. Já Andreas Pereira e Felipe também atuaram pela primeira vez pela seleção ao entrarem durante o segundo tempo.



PATROCINADORES

Com a confiança pela aposta de Tite, Richarlison fez dois gols. No primeiro deles, aos 15 minutos, recebeu o passe depois de uma arrancada de Neymar, que já havia colocado a primeira bola para dentro logo no início da partida ao converter pênalti marcado no atacante do Everton. Já o seu segundo gol na partida e o terceiro do Brasil saiu no começo da etapa final.



Além do gol de pênalti, Neymar participou de outras jogadas perigosas, especialmente no primeiro tempo, tendo dado assistências para três gols. Mas levou um cartão amarelo por simulação. Ele chegou aos 59 gols pela seleção brasileira, a sete da marca de Zico, terceiro maior artilheiro do Brasil. Phillippe Coutinho fez o terceiro gol da seleção, ainda no primeiro tempo. Marquinhos fechou a goleada, de cabeça, no fim da partida.



Veja Também