news:

Bem Estar

Após 60 anos, melhores amigos descobrem que são irmãos


foto_principal.jpg
30/12/2017

A notícia veio em uma busca de um deles pela identidade paterna; 'É um milagre de Natal'.

 

Foi recebida como um milagre de natal a notícia de que dois melhores amigos são, na verdade, irmãos. Alan Robinson e Walter Macfarlane, que nasceram e foram criados no Havaí, se conhecem há 60 anos e não desconfiavam do laço sanguíneo. A amizade começou na escola, onde se conheceram, e permanece forte até hoje.

 

“É realmente um milagre de Natal. E estamos tão felizes que descobrimos”, disse Macfarlane.

 

Nascidos com apenas 15 meses de diferença, os dois descobriram só agora que têm a mesma mãe biológica. Macfarlane não chegou a conhecer seu pai, enquanto Robinson foi adotado por uma outra família.

 

Robinson contou ao canal KHON2: ‘Eu tive um irmão mais novo que eu perdi quando ele tinha 19 anos. Então nunca tive sobrinhas ou sobrinhos. Eu pensei que nunca conheceria a minha mãe biológica".

 

Em uma busca por saber quem foi seu pai, Macfarlane chegou a um site com histórico familiar e de registros de DNA e realizou um teste. Os resultados mostraram que ele tinha um cromossomo X idêntico ao de um usuário chamado "robi737". Robi era o apelido de Robinson, e 737 é uma referência aos aviões que ele pilotava por uma companhia aérea local.

 

Algumas ligações foram o suficiente para confirmar que os amigos de longa data eram mesmo irmãos biológicos e que tinham a mesma mãe. Os dois revelaram a boa notícia aos parentes na noite do último sábado, uma noite antes do Natal.

 

“Foi uma grande experiência, e ainda é. Não sei quanto tempo levará para que eu me recupere desta sensação. É o melhor presente de Natal que eu poderia ter,” contou Robinson.

 

Agora eles planejam viajar e curtir a aposentadoria juntos.

A notícia veio em uma busca de um deles pela identidade paterna; 'É um milagre de Natal'.


 


Foi recebida como um milagre de natal a notícia de que dois melhores amigos são, na verdade, irmãos. Alan Robinson e Walter Macfarlane, que nasceram e foram criados no Havaí, se conhecem há 60 anos e não desconfiavam do laço sanguíneo. A amizade começou na escola, onde se conheceram, e permanece forte até hoje.


 


“É realmente um milagre de Natal. E estamos tão felizes que descobrimos”, disse Macfarlane.


 


Nascidos com apenas 15 meses de diferença, os dois descobriram só agora que têm a mesma mãe biológica. Macfarlane não chegou a conhecer seu pai, enquanto Robinson foi adotado por uma outra família.


 


PATROCINADORES

Robinson contou ao canal KHON2: ‘Eu tive um irmão mais novo que eu perdi quando ele tinha 19 anos. Então nunca tive sobrinhas ou sobrinhos. Eu pensei que nunca conheceria a minha mãe biológica".


 


Em uma busca por saber quem foi seu pai, Macfarlane chegou a um site com histórico familiar e de registros de DNA e realizou um teste. Os resultados mostraram que ele tinha um cromossomo X idêntico ao de um usuário chamado "robi737". Robi era o apelido de Robinson, e 737 é uma referência aos aviões que ele pilotava por uma companhia aérea local.


 


Algumas ligações foram o suficiente para confirmar que os amigos de longa data eram mesmo irmãos biológicos e que tinham a mesma mãe. Os dois revelaram a boa notícia aos parentes na noite do último sábado, uma noite antes do Natal.


 


“Foi uma grande experiência, e ainda é. Não sei quanto tempo levará para que eu me recupere desta sensação. É o melhor presente de Natal que eu poderia ter,” contou Robinson.


 


Agora eles planejam viajar e curtir a aposentadoria juntos.


A notícia veio em uma busca de um deles pela identidade paterna; 'É um milagre de Natal'.



Foi recebida como um milagre de natal a notícia de que dois melhores amigos são, na verdade, irmãos. Alan Robinson e Walter Macfarlane, que nasceram e foram criados no Havaí, se conhecem há 60 anos e não desconfiavam do laço sanguíneo. A amizade começou na escola, onde se conheceram, e permanece forte até hoje.



“É realmente um milagre de Natal. E estamos tão felizes que descobrimos”, disse Macfarlane.



PATROCINADORES

Nascidos com apenas 15 meses de diferença, os dois descobriram só agora que têm a mesma mãe biológica. Macfarlane não chegou a conhecer seu pai, enquanto Robinson foi adotado por uma outra família.



Robinson contou ao canal KHON2: ‘Eu tive um irmão mais novo que eu perdi quando ele tinha 19 anos. Então nunca tive sobrinhas ou sobrinhos. Eu pensei que nunca conheceria a minha mãe biológica".



PATROCINADORES

Em uma busca por saber quem foi seu pai, Macfarlane chegou a um site com histórico familiar e de registros de DNA e realizou um teste. Os resultados mostraram que ele tinha um cromossomo X idêntico ao de um usuário chamado "robi737". Robi era o apelido de Robinson, e 737 é uma referência aos aviões que ele pilotava por uma companhia aérea local.



Algumas ligações foram o suficiente para confirmar que os amigos de longa data eram mesmo irmãos biológicos e que tinham a mesma mãe. Os dois revelaram a boa notícia aos parentes na noite do último sábado, uma noite antes do Natal.



“Foi uma grande experiência, e ainda é. Não sei quanto tempo levará para que eu me recupere desta sensação. É o melhor presente de Natal que eu poderia ter,” contou Robinson.



Agora eles planejam viajar e curtir a aposentadoria juntos.



Veja Também